18/02/2011

Você parece uma caixinha de surpresas...

...daquelas que antes eu esperava tudo de bom..
E hoje não sei mais o que esperar.. e tenho medo de esperar tudo...
E hoje essa musica me vem a mente com uma conotação diferente...
Afinal de contas, o que houve com vc?
O que aconteceu com o brilho em seus olhos?
Sua vontade de dar risada, suas ligações no final da tarde, sua busca por noticias?
A letra vou deixar aqui....ser quiser leia...se quiser pense...se quiser identifique-se, se quiser resgate...
Pq eu quis....Deus sabe como eu quis... todo mundo sabe como eu quis...


"Vá se acostumando
Com a minha ausencia
Faça logo as pazes
Com a sua consciência
E veja se você errou...

Trilhe seu caminho 
Faça suas apostas 
Mas não me deixe aqui 
Buscando as respostas 
Que você nunca encontrou...

Eu sou apenas
Uma criança indefesa
Você parece uma caixinha de surpresas
Se for assim meu bem 
Adeus!..."

Eu não queria muito, não pedi muito... como disse...eu quis, eu apenas quis...


"E amigo é isso: aquele que a presença conforta sem precisar de muito gesto ou dramatização." (Martha Medeiros)

14/02/2011

Sem palavras..


Talvez fosse melhor mesmo ter ficado sem palavras , melhor ter ficado ausente. [aquele momento que a gente se sente uma idiota sabe,.. =/ ]
Mas, um dia de alegria ,não se estraga por um minuto de tristeza... 
Nunca me senti tão rodeada de carinho quanto ontem .. 
Pra mim isso basta...apenas isso bastaa!
Obrigada por tudo...

13/02/2011

Nós três...

 Procurei palavras pra descrever, como a noite de sexta foi feliz pra mim...
Procurei palavras pra dizer como meu coração se sentiu em paz com o abraço das duas..
Procurei palavras pra postar hoje e escancarar como as amo , e como amei sentir
que nossa promessa continua em pé..
Acabei desistindo , e guardando esse sentimento maravilhoso e reconfortante pra mim..
E mesmo eu indo embora, nós estamos de volta...de onde nunca saímos ..de onde nunca sairemos...

09/02/2011

Sobre o charmoso atraso e dança das cadeiras....

Como já tinha escrito no outro post eu tenho ido dormir consideravelmente cedo e acordado mais cedo ainda..hoje acordei as 5:20 da manha pra mandar minha irmã mais nova pra escola, e depois quem disse que consegui dormir de novo??
Pois é aí resolvi ver um pouco de TV, os jornais da manhã , da capital, enfim...
Eis que em meio a meu copo de iogurte , e minha bolachinha de agua e sal com manteiga , escuto algo extremamente intrigante..
Um padre de Apucarana , uma cidadezinha do Paraná, a mais ou menos uma hora de Maringá , decidiu que a noiva que chegar atrasada ao casamento terá que obrigatoriamente pagar uma multa de 500 reais!!
O padre tomou essa decisão após ter de esperar por uma hora uma noiva chegar a cerimonia religiosa..e decidiu que essa medida definitivamente acabariam com os atrasos e a demora das noivinhas atrasildas...
Ele diz ainda que dará uns 10 minutos de carência para algum imprevisto, ou caso alguem passe mal antes da cerimonia....e alega que o cheque com o valor da multa deverá ser entregue antes da cerimonia, e caso não haja atrasos o  cheque é devolvido ao casal.
É parece mesmo que  os suspenses sobre "onde está a noiva" ou "será que ela fugiu com o padrinho?" , estão com os dias contados....agora minhas queridas é voar pra igreja ou já começar a vida a dois dividindo uma pequena multinha.....
Ao que tudo indica essa regra ja vale em algumas igrejas e outras ainda não adotaram a medida, mas já esta causando um grande tititi entre as mocinhas que pretendem fazer o enlace matrimonial com direito a véu , grinalda e um padre que entenda os minutinhos de suspense e charme das noivinhas!


Mudando um pouquinho de assunto , essa semana tive mais uma vez a prova que o cavalheirismo e a boa educação se encontra cada vez mais em extinção no nosso país..
Saindo da auto escola  essa semana me dirigi ao ponto de onibus a fim de esperar o 'busão' pra ir pra casa...
Enquanto esperava coloquei os fones de ouvido para ouvir minhas musicas como de costume, e enquanto o fazia observava as pessoas a minha volta...  uma mulher com um filho de 7 anos , birrento que não parava de pedir algodão doce, uma moça jovem que parecia estar indo pro trabalho, pois estava com o cabelo bem penteado e um uniforme que não consegui identificar de onde era, um rapaz também bem vestido mexendo em seu celular , e uma senhorinha já bem idosa, com uma bengala e as costas bem curvadas pra frente, e mãos tremulas, a pobre apertava os olhinhos para tentar enxergar os onibus que passavam.
Pois bem, la vem o onibus, eu espero td mundo subir pra eu entrar por ultimo, odeio a sensação de subir naquela escadinha e saber que tem alguém de cara com meu bumbum ¬¬ , enfim, subi, paguei, passei pela catraca e me segurei nas barras pois não tinha lugar pra sentar.
Até que percebi que ainda não tínhamos saído do lugar...então tirei o fone de ouvido pra ouvir se tinha acontecido algo...
O onibus inteiro estava com os olhos voltados para a frente do veiculo, sabe , antes da catraca tem a parte que eh reservada apenas para idosos , gestantes ou mães com crianças de colo, e lembram do mocinho bem vestido?
Ele entrou e adivinha onde se sentou?
No único lugar vago , la na frente, antes da catraca, detalhe ainda fez questão de ultrapassar aquela senhorinha pra pegar o lugar antes delas.......
E a senhora???
Ficou em pé , tentando sem sucesso se segurar em alguma barra de apoio , ou alguma pessoa...
É tem gente que não tem semancol mesmo... até que ele notou que ainda estávamos parados, e olhou pro motorista que estava olhando zangado pra ele..e o cobrador aproveitou pra falar mais grosseiramente :
"Escuta, será que o senhor não pode ficar em pé pra essa senhora sentar? Não ta vendo que ela tem dificuldade pra ficar em pé?"
O moço ficou  tão sem graça que nem falou nada , fechou a cara e tentou ignorar os olhares incrédulos de todos os outros passageiros...que alias quase aplaudiram o cobrador ..ele merecia mesmo!
É triste mas não é a primeira nem a ultima vez que vou ver isso...alias, já perdi as contas de quantas atitudes assim eu já presenciei nesses meus anos de universitária não motorizada...
É bom ver que ainda temos defensores do bom senso e da educação nesses meios de transportes públicos que mais parecem uma uma verdadeira dança das cadeiras.....

04/02/2011

Musicas para andar no calçadão?! Oõ


Essa semana inteira tenho incrivelmente e milagrosamente acordado todos os dias as 6:30 da manhã, e pasmem, sem despertador...
Acordo, tomo um banho ouvindo radio, me troco, tomo um iogurte com um pão com manteiga , e termino de me arrumar pra ir na aula de direção.
A minha auto escola fica bem no centro da cidade, a uma ou duas quadras do calçadão , e sempre que saio da aula vou andar um pouco no calçadão antes de ir embora.
Pq?
Porque eh uma delicia!
E tenho que aproveitar esse calçadão calmo e tranquilo enquanto ainda posso desfrutar dele certo? xD
É simplesmente uma delicia, sentir aquele ventinho matinal no rosto, aquele solzinho da manhã, e eu fico parecendo uma besta.. por que desde o momento que entro no onibus pra ir até a auto escola , até quando estou andando no calçadão eu fico sorrindo.,. por que como eu disse eu acho isso uma delicia!
E o que torna uma coisa tão simples assim , se transformar em algo tão divertido pra mim?
É ouvir musicas , no radio mesmo , [pq e sinceramente acho mais divertido rádio do que ouvir uma lista de musicas pré-selecionadas por mim, que eu já sei que vão tocar ...prefiro ser surpreendida com o rádio.^^ ] com um fone de ouvido, e imaginar que aquela musica é a trilha sonora do meu dia , da minha manhã , e ai não me seguro e fico sorrindo... e é tão divertido sorrir quando todo mundo em volta [ou pelo menos a grande maioria] faz cara de estressado, cansado, do tipo que olha pra mim e pensa "do que essa idiota ta rindo? ¬¬ "
Aí tem alguns que pensam "Claro que vc ta rindo enquanto a maioria ta serio ou cansado, você ta la andando por diversão, e a maioria ta andando lá pq precisa ir pro trabalho, precisa resolver algum pepino, precisa correr pra não se atrasar pra uma entrevista de emprego...vc não esta lá com alguma obrigação, apenas esta la andando sem nada mais importante pra fazer.."
É pode até ser, porque agora eu realmente não estou trabalhando, apenas estou fazendo minhas aulas de direção, mas até nas vezes que eu tinha aula cedo, ou algo cedo pra fazer eu me divertia com o simples fato de conseguir pegar um restinho da brisa da manhã e ouvir minha musiquinha no fone de ouvido enquanto o mundo acontece lá fora...
É como se isso fosse meu universinho paralelo em tempo integral comigo , eu escuto, apenas eu , escuto a musica, me divirto com a melodia, com a letra [quando consigo entender], com o clipe que fico imaginando na minha cabeça, e me divirto vendo que ninguém alem dos meus fones de ouvido, entendem o que se passa em minha cabeça nesse exato momento.
É crime por acaso dar mais cor pras minhas caminhadas no calçadão?
É crime ter uma trilha sonora pra atravessar a rua, olhar vitrines, e até ficar espremida no onibus?
Se for eu não vou deixar me intimidar por isso, corro o risco numa boa todos os dias ...
E se quer saber é uma ótima dica, praquele dia em que vc acorda querendo matar o primeiro que te falar bom dia...
Experimenta pegar seu celular, ou mp3, ou radinho, ligar num fone de ouvido e ouvir uma musica , imaginar um clipe pra essa musica, e deixa o dia rolar ....tudo fica tão mais leve, mais gostoso de se fazer....
Até ir na padaria pra minha mãe eu vou se tiver um fone de ouvido e  meu cel carregado, e vou sem fazer cara feia ;D
[..espero que ela não veja isso ¬¬  ]
Quer saber quais as ultimas musicas que ouvi no radio com meus foninhos enquanto andava no calçadão?
São essas:

I do - Colbie Caillat  [foi uma das que mais gostei de ouvir.] 
Wath the hell - Avril Lavigne 
Só os loucos sabem - Charlie Brown Jr. 
Teenage Dream - Kate Perry 
Vida ou Morte - CPM22
We R Who We R - Ke$ha

Claro que ouvi muitas outras mas essas sãos as que lembro...
Final de semana chegou e com toda certeza não vou acordar as 6:30 e andar no calçadão...
Ahh não mesmo  ..deixa isso pra segunda ;)

O post hj foi bem sem noção ...mas ah...sei la.. to me sentindo tão leve, e sem vontade de escrever sobre coisas mais serias.. como diria a musica 'hoje eu quero paz , eu quero amor.."