22/11/2010

Dança


Ela fecha os olhos e permite sentir a musica entrando por sua pele..
comandando seus braços e pernas..
Se faz música, se transforma na própria música, e empresta a ela seu corpo, seus cabelos..
Cabelos que caem em seu rosto de modo esconder a expressão aparente...
Joga os cabelos para traz e tenta atingir o ar ou a música que a envolve..
Se joga ao chão, faz movimentos complexos demais..
Se tem vontade de sorrir ela sorri...se tem vontade de chorar ela chora..
Uma noite fez os dois...chorava e sorria...
Louca, extremamente , louca, mas a dança eh sua terapia..
O corpo já se encontra suado, os cabelos já colam em seu rosto, 
o coração já dispara, mas os pés não sentem vontade de parar
Um ritual que acontece algumas noites em seu quarto, quando precisa ou apenas quando quer..
Quando esta triste ou quando esta muito feliz...
E se fica muito tempo sem ele , sua alma já começa a implorar..
como se dançasse dentro dela ao ouvir qualquer melodia ..
E quem a vê nessas horas ate ri...ela começa a demonstrar sua inquietude..
Com os pés que começam a se movimentar, com os dedos que coreografam uma dança , parecido com o tocar de um piano...
E ela parece estar prestes a explodir...
E se recebe de si mesma um sinal verde , ela não pensa duas vezes...explode..dança...sorri e fecha os olhos...
Ela não aprendeu a dançar...
Ela aprendeu a sentir...
O corpo aprendeu a traduzir a música que os sentimentos não conseguem expor com palavras...
Técnicas pra ela são rédeas que impedem a pessoa de dançar como quer, como sentem a música de verdade,,
Pra ela não existe dançar certo ou errado, cada um dança o que sente..cada um sente uma coisa..então não deveria existir algo que fizesse as pessoas dançarem iguais...
A dança é a única liberdade que não precisa de dinheiro ou companhia pra curtir...
E pra ela a dança é sensação de prazer mais fácil de se atingir...é paixão...é êxtase..!

Um comentário:

Ana disse...

sua cara :) !